Palmeiras na Chapada, com 9 mil habitantes, faz pedido de compra de 10 mil doses da CoronaVac

O município de Palmeiras, na Chapada Diamantina, divulgou um ofício direcionado ao Instituto Butantan, na última sexta-feira (8), com a intenção de comprar 10 mil doses da vacina chinesa ‘CoronaVac’ para enfrentar a pandemia de covid-19. O documento foi endereçado ao presidente da instituição, doutor Dimas Tadeu Covas.

“Neste sentido, solicitamos em caráter prioritário, os documentos da autorização de uso emergencial, da vacina após expedição pela Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária], para regulamentar a negociação de compra, bem como oferecer a garantia necessária aos nossos munícipes”, aponta o documento assinado pelo secretário municipal de Saúde, Walney de Paula.

O Instituto Butantan tem parceria com a farmacêutica chinesa ‘Sinovac Biotech’ para o desenvolvimento de imunizantes contra o novo coronavírus. A vacina ‘CoronaVac’, que já se encontra em estágio avançado de desenvolvimento, também tem mostrado resultados promissores a partir de ensaios clínicos realizados pela instituição.

A vacina é produzida com fragmentos “desativados” do coronavírus para inoculação em humanos. Com a aplicação da dose, o sistema imunológico passaria a produzir anticorpos contra o agente causador da covid-19. Palmeiras, até o último boletim divulgado pela prefeitura, registra dois óbitos decorrentes da doença infectocontagiosa.

Fonte: Jornal da Chapada / Foto: Reprodução



Categorias:CHAPADA DIAMANTINA