Governo Bolsonaro está destruindo reputação da ANVISA, afirma Rui Costa

Em pronunciamento na cidade de Catu, na manhã desta quarta-feira (30), o governador Rui Costa (PT) criticou a atuação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em relação à pandemia do coronavírus. Para ele, o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem feito com que a agência perca sua credibilidade.

“Durante muitas e muitas décadas, a Anvisa foi respeitada no mundo inteiro. Eu falo independente se era governo militar, governo tucano, qualquer governo que passou”, lembrou o governador, ao discursar após a inauguração de uma Unidade de Saúde da Família (USF) e entregas da reforma do Estádio Antônio Pena e dos sistemas de abastecimento de água nas localidades Sítio Novo e loteamento Maringá.

“[Os governos] Contribuíram para que nós tivéssemos uma instituição que é uma das oito mais respeitadas no mundo. Era até aqui. Infelizmente, esse atual governo que está destruindo muita coisa, está conseguindo destruir a imagem da Anvisa (…). Hoje está sendo adotada uma postura politiqueira por parte da Anvisa, que não condiz com a sua história e reputação”, acrescentou.

Rui não citou nenhum fato específico, mas um episódio recente, que gerou críticas à agência brasileira, foi um informe da farmacêutica Pfizer. A empresa, que desenvolve uma das vacinas mais promissoras contra a Covid-19 e já em uso em diversos países, declarou que não pretende solicitar autorização para aplicação emergencial no Brasil por conta de exigências específicas feitas pela Anvisa (saiba mais aqui). Mais cedo, o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, chamou de “inconcebível e inaceitável” a postura do órgão (veja aqui).

Fonte: BN / Foto: Reprodução



Categorias:BAHIA, BRASIL, COVID-19, POLÍTICA