Jovem de 17 anos de Maracás é obrigada a se prostituir no Rio de Janeiro pelo próprio primo

PMs do Serviço Reservado (P-2) do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) resgataram, no fim da noite desta segunda-feira, uma adolescente de 17 anos que estava em cárcere privado no Itanhangá, na Zona Oeste do Rio. A menor, que é de Maracás, na Bahia, estava sendo mantida presa por dois jovens de 21 anos, um deles, seu primo.De acordo com a Polícia Militar, a adolescente veio para o Rio em busca de trabalho. Ao chegar à capital fluminense, ela foi feita refém pelo primo, que também a obrigava se prostituir. Ele exigia R$ 2,5 mil da tia para libertá-la.

Fonte: O DIA / Foto: Reprodução



Categorias:MARACÁS E REGIÃO