Prefeito de Conquista se afasta do cargo para tratar de lesão pulmonar causada pela COVID-19

O prefeito reeleito em Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), de 73 anos, foi diagnosticado, como aponta o último boletim, com uma lesão pulmonar. Por isso, Herzem está com suporte de oxigênio. O gestor está os recebendo cuidados médicos em casa, onde está isolado.

Herzem vai se ausentar de forma temporária do Gabinete Civil. Quem assume o cargo é a vice-prefeita Irma Lemos dos Santos Andrade (PTB), de 70 anos, que fica na função por de 10 dias, período no qual o prefeito Herzem Gusmão fica afastado.

Na manhã da última quinta-feira, 17, Herzem chegou a aparecer publicamente, quando participou de uma ‘Sessão Virtual da Justiça Eleitoral’ para a diplomação. Na sessão participaram também a vice-prefeita eleita, Ana Sheila Lemos Andrade )DEM), bem como os demais 21 vereadores eleitos em 2020 pelo município.

Herzem chegou a apresentar febre, dores no corpo, perda de olfato, paladar e segue em isolamento domiciliar com a primeira dama Luci Freire Gusmão, também com a doença. O gestor foi infectado no último dia 7 de dezembro, ocasião na qual usou as redes sociais para fazer o anúncio.

“Comunico à população que testei positivo para COVID-19. Estou com sintomas leves e em minha casa cumprindo com o isolamento domiciliar. Peço as orações de todos por minha plena recuperação. Deus nos abençoe”, escreveu

Gusmão cumpre as atividades do Executivo, na residência, por intermédio de videoconferência.

Fonte: AT / Foto: Reprodução



Categorias:CONQUISTA E REGIÃO