Ocupação dos leitos da COVID-19 em Vitória da Conquista aumenta rapidamente nos últimos dias

Aumentou consideravelmente a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para tratamento de de pacientes com a Covid-19 na rede SUS em Vitória da Conquista. Três hospitais da cidade possuem ao todo 70 leitos para essa finalidade, destinados a atender uma população de mais de 1,8 milhão de habitantes, de 74 municípios da regional Sudoeste de Saúde.

De acordo com os últimos boletins epidemiológicos da Secretaria Municipal de Saúde de Vitória da Conquista, no domingo (29), a taxa de ocupação das UTI’s estava em 58,5% e nesta segunda-feira (30) era de 62,9%. No entanto, no fim da tarde, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) já informava ocupação de 73%.

No Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), 21 dos 30 leitos (70%) estavam ocupados no último levantamento. No Hospital das clínicas a taxa de ocupação é igual, 14 dos 20 leitos ocupados (70%) e no Hospital São Vicente de Paulo apenas uma das 10 vagas estava desocupada (90%).

Segundo informações do último boletim de Vitória da Conquista, atualmente há pacientes internados de 23 municípios nos três hospitais de referência – Anagé; Barra do Choça; Barreiras; Belo Campo; Caetité; Carinhanha; Cordeiros; Encruzilhada; Eunápolis; Firmino Alves; Guanambi; Ibicuí; Ibicoara; Ibipitanga; Itapetinga; Ituaçu; Lagoa Real; Lagoa Grande; Livramento de N. Senhora; Manoel Vitorino; Mirante; Piripá; Riacho de Santana.

A procura por internação em leitos de UTI da Covid-19 parece ter se intensificado nas últimas horas. Secretários de saúde e médicos já relatam dificuldade para conseguir a regulação de pacientes para estes leitos. Tanto no Hospital das Clínicas quando no HGVC houve aumento da demanda nas últimas horas e a ocupação está bem próxima de 100% segundo apurou a Agência Sertão.

A alternativa em caso de esgotamento será tentar transferência para outras regiões, como Barreiras, Itabuna e Jequié. No entanto as dificuldades de transporte inviabilizam os traslados de pacientes em estado grave, que acabam tendo que aguardar disponibilidade de UTI aérea para transferência até Salvador.

Fonte: Agência Sertão / Foto: Reprodução



Categorias:VITÓRIA DA CONQUISTA