Homem é morto por facção e tem casa incendiada após matar com foice criança de 11 anos

A casa do homem suspeito de matar uma criança de 11 anos durante um assalto, em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, foi incendiada por populares, na sexta-feira (23). Não tinha ninguém no imóvel no momento em que o fogo começou.

O suspeito, identificado como Adriano Sales da Silva, foi encontrado morto em Salvador. O imóvel em que ele morava com a família fica na localidade de Água Grande, no distrito de Maria Quitéria, perto do lugar onde Kaíque Sares Queiroz foi morto com golpes de foice.

Um dos cômodos foi tomado pelas chamas, o que fez o teto desabar. Até a última publicação desta reportagem, o incêndio não havia sido registrado na delegacia da cidade. Policiais disseram que estão tentando localizar familiares de Adriano para ouvi-los sobre o ocorrido.

Crime

O menino Kaíque Soares Queiroz foi morto na manhã de quarta (21), na Fazenda Caldeirão, que fica na localidade Água Grande. A criança estava procurando ovelhas de familiares, quando foi abordada pelo suspeito.

Adriano, que era vizinho da família da vítima, abordou o menino e o atacou com a foice. Ele roubou o celular da criança e a carteira, que tinha R$ 300. O corpo do menino foi enterrado sob forte comoção, na manhã de quinta.

Fonte: G1 / Foto: Reprodução



Categorias:.