Homem é preso após matar brutalmente a ex com golpes de barra de ferro na cabeça

Um homem acusado de feminicídio teve o mandado de prisão preventiva cumprido por policiais da 22ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Guanambi), no domingo (6), um dia após cometer o crime.

De acordo com o coordenador da 22ª Coorpin, delegado Clécio Magalhães, o suspeito tentou justificar o feminicídio. “Ele também não aceitava o fim do relacionamento e agrediu a vítima com uma barra de ferro. Logo após o fato, na noite de sábado (4), nós iniciamos as investigações, em seguida solicitamos a sua prisão à Justiça”, detalhou. 

O autor se apresentou na companhia de uma advogada e após passar por exames de lesões corporais será encaminhado para o sistema prisional.

Maria Francisca Rodrigues levou vários golpes de barra de ferro na cabeça desferidos pelo seu ex-companherio Miguel Rodrigues da Silva de 44 anos, contra quem já existia várias ocorrências de agressão registradas na Delegacia de Polícia. O crime foi testemunhado pela filha do casal que informou a policia que eles já estavam separado há algum tempo e que após o feminicídio o assassino fugiu em uma motocicleta tomando rumo ignorado. 

FONTE: iBahia / Foto: Reprodução

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑