Indícios de fraude no FGTS durante a gestão do ex-prefeito Albercinho em Ituaçu

Denúncia chegou por intermédio de um membro do legislativo da cidade de Ituaçu na Chapada Diamantina na Bahia. Segundo vereador, há indícios graves de fraude na individualização do FGTS dos funcionários da prefeitura municipal de Ituaçu durante a gestão de Albércio da Costa Brito.

Para o denunciante, dados da solicitados na prefeitura e na Caixa Econômica Federal indicam que a sogra de Albércio Brito – Albercinho, trabalhou apenas um ano na prefeitura municipal (1973) e recebeu, após individualização do FGTS na gestão de Albercinho (2015), uma quantidade exorbitante de R$24.048,64. Segundo vereador, em 2015, essa individualização foi realizada pelas empresas DINÂMICA e METHA, nas quais trabalhou Miguel Brito, também genro da beneficiária e primo do ex gestor. Por outro lado, demais funcionários públicos municipais, embora tenham trabalhado por muitos anos, receberam valores insignificantes, como pode ser constatado nos extratos da Caixa.

Uma funcionária, por exemplo, trabalhou por 15 anos (01/03/1977 a 15/03/1982) e recebeu R$3.010,00. Outro servidor trabalhou por 13 anos (05/10/1988 a 31/12/2001) e só recebeu em 2015 R$2.965,98. Mais um recebeu em 2015 R$1.453,38, mesmo tendo trabalhado por 8 anos (R$1.453,38). De tantos casos, um servidor que trabalhou por tempo semelhante da sogra de Albercinho, só recebeu em 2015, durante a gestão dele, R$457,20 por ter trabalhado por um ano e cinco meses (01/06/1987 a 11/11/1988) – versos os R$24.048,64 recebido pela sogra de ex-prefeito.

Com base na Lei de Acesso à Informação (Lei n° 12.527), vereador diz que tomou providências para tornar público estas irregularidades nos valores que indicam indícios de mais uma fraude na gestão de Albercinho. Em 2016, Albercinho tentou reeleição mas teve sua candidatura rejeitada pelo TSE por não se enquadrar na Lei da Ficha Limpa (Lei Complementar nº. 135 de 2010).

Fonte: Caixa Econômica Federal / PMI / Foto: TSE – reprodução

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑