46º óbito é registrado em Vitória da Conquista por COVID-19.

Uma paciente faleceu nesta segunda-feira (27), vítima da Covid-19 em Vitória da Conquista. O 46º óbito registrado é de uma mulher de 54 anos, moradora do bairro Zabelê, sem comorbidades, que foi estava internada desde o dia 10 de julho no Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), onde veio a óbito hoje por agravamento do estado de saúde.

Em cinco meses de notificações de casos suspeitos de Síndrome Gripal/Covid-19, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 2.209 casos confirmados no município. Hoje, mais 61 pacientes que testaram positivo recuperaram-se da Covid-19 e o número de recuperados subiu para 1.645. Ainda estão em fase de recuperação, 518 pacientes (30 internados e 488 em tratamento domiciliar).

Estão sendo investigados 3.944 casos notificados que aguardam classificação final, sendo que 3.802 possuem critérios de coleta para exame laboratorial ou Teste Rápido* e 142 aguardam resultado laboratorial de exame RT-PCR. Dos pacientes em investigação, 2.723 recuperaram-se da Síndrome Gripal, 1.198 apresentam Síndrome Gripal leve e permanecem em tratamento domiciliar, 22 estão hospitalizados e um paciente foi a óbito com suspeita de infecção pela Covid-19 – caso aguarda resultado da investigação laboratorial.

Ocupação dos leitos – A rede SUS do município dispõe de 135 leitos (75 enfermarias e 60 UTI’s) exclusivos para tratamento da Covid-19. Nesta segunda (27), estão internados 85 pacientes, entre eles, residentes de Vitória da Conquista de outras 32 cidades do estado:

  • Firmino Alves;
  • Brumado;
  • Maetinga;
  • Itapetinga;
  • Cândido Sales;
  • Carinhanha;
  • Mirante;
  • Cordeiros;
  • Tremedal;
  • Mortugaba;
  • Caetité;
  • Piripá;
  • Guaratinga;
  • Poções;
  • Nova Canaã;
  • Anagé;
  • Iguaí;
  • Cocos;
  • Jaguaquara;
  • Eunápolis;
  • Wenceslau Guimarães;
  • Malhada de Pedras;
  • Jequié;
  • Planalto;
  • Ipiaú;
  • Itarantim;
  • Itabela;
  • Barreiras;
  • Tanque Novo;
  • Itambé;
  • Urandi;
  • Ibicuí.

Clique para conferir o Boletim epidemiológico completo.

Fonte: PMVC

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑