Bahia passa dos 79 mil casos e mortes chegam a 1.947 no Estado

A Bahia registrou, nas últimas 24 horas, 2.864 novos casos de Covid-19 e 45 novas mortes, segundo aponta o boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) no final da tarde desta quinta-feira (2). O número total de casos na Bahia chega a 79.349 e o de mortes a 1.947.

De acordo com os dados da secretaria, os números desta quinta revelam uma taxa de crescimento de +3,7% nos novos casos da doença, e de 2,4% no número de mortes causadas pela Covid-19 no estado.

O boletim desta quinta também registrou 2.410 novas pessoas recuperadas da Covid-19 (taxa de +4,7%). A Sesab informou que, dos 79.349 casos confirmados desde o início da pandemia, 53.334 já são considerados recuperados e 24.068 encontram-se ativos.

As confirmações ocorreram em 388 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (46,09%). As cidades com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes são Itajuípe (1.986,24), Gandu (1.897,97), Ipiaú (1.569,55), Uruçuca (1.447,44) e Itabuna (1.291,61).

A Sesab informou que, até agora, 171.924 casos foram descartados e 80.085 estão em investigação. Os dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 18h desta quinta-feira.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Na Bahia, 9.236 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O boletim completo está disponível no site da Sesab.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.254 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.476 têm pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 65%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 916 leitos exclusivos para o coronavírus, 715 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 79%.

A Sesab ressaltou que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito, e novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Foto: Reprodução

Fonte: G1

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑