Conquista vive epidemia de Dengue, Zika e Chikungunya

A informação é uma importante arma na luta contra o mosquito da dengue! Por isso, semanalmente a coordenação do Centro de Controle de Endemias tem divulgado o boletim informativo com números atualizados das notificações de casos suspeitos de Dengue, Zika e Chikungunya em Conquista. Somente na última semana foram registradas 427 novas notificações dessas arboviroses, totalizando 4.578 de janeiro até a última sexta-feira, 19 de junho.

Mais 213 pessoas tiveram resultado laboratorial positivo para contaminação por DENGUE, aumentando para 925 o número de casos confirmados. Outras 166 pessoas tiveram resultados negativos, 1.196 apresentaram diagnóstico inconclusivo em relação à dengue e três pacientes vieram a óbito por dengue grave hemorrágica. Até o momento, foram notificados 3.631 casos suspeitos da doença e 1.341 ainda aguardam resultado laboratorial.

As notificações suspeitas de ZIKA subiram para 592 na última semana. Os casos confirmados da doença mantiveram-se em sete e 37 foram descartados. Outros 29 tiveram pacientes tiveram resultado laboratorial inconclusivo para Zika, totalizando 132 casos inconclusivos. Além disso, 416 aguardam resultado da análise laboratorial.

Quanto à CHIKUNGUNYA, foi confirmado mais um novo caso, totalizando 15 pessoas que foram contaminadas pelo vírus no município. Do total de 355 notificações suspeitas, 340 pacientes ainda aguardam resultado laboratorial.

Os bairros Cruzeiro (385), Patagônia (194), Alto Maron (183), Alto da Boa Vista (158), Centro (150), Brasil (149) e Conveima I (101), são os que apresentam os maiores números de notificações de casos suspeitos de pessoas contaminadas por Dengue, Zika e Chikungunya no município.

Esse aumento no número de ocorrências de casos durante o ano de 2020 já era previsto pelo Ministério da Saúde desde 2019, que sinalizou um aumento significativo de notificações de Dengue, Zika e Chikungunya no Nordeste, por conta do vírus do tipo 2 que está em circulação. Esse tipo ainda não havia circulado por aqui e, por isso, uma vez que as pessoas não tiveram contato com ele, a possibilidade de contaminação é grande.

A luta não pode parar! – O trabalho da Prefeitura continua em ritmo intensificado no combate ao mosquito Aedes aegypti. Os agentes de endemias continuam realizando as ações de bloqueio nas localidades com maiores ocorrência de casos, bem como realizando ações educativas e de prevenção junto aos moradores – respeitando todas as orientações do Ministério da Saúde para continuidade do trabalho no município mesmo em período de pandemia do Coronavírus.

Até o dia 27 de junho, os veículos fumacê seguem fazendo a pulverização de inseticida a Ultra Baixo Volume (UBV) no Conveima, Recanto das Águas, Primavera, Guarani, Jurema, Centro, Cidade Modelo, Ibirapuera, Urbis VI, Alto da Boa Vista, Baixão e Dantelândia.

Vamos juntos nessa luta! Mantenha o quintal livre do mosquito realizando pequenas ações diárias que todos já conhecem. E em caso de sintomas de febre, dores articulares, dores abdominais e ao redor dos olhos, diarreia ou a presença de manchas avermelhadas pelo corpo, procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima de casa para receber atendimento médico.

Caso seja necessário fazer alguma denúncia ou solicitar a visita dos agentes de endemias, entre em contato por meio do número: (77) 3429-7421.

Fonte: PMVC

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑